quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Bote Fé a Jornada Mundial da Juventude Passou por Guaratinguetá


Este feriado de 15 de Novembro teve um significado diferente para as cidades de Guaratinguetá e de Aparecida: as cidades receberam a Cruz Peregrina e o Ícone de Nossa Senhora, símbolos da Jornada Mundial da Juventude. Conhecido no Brasil como "Bote Fé",  o evento é uma preparação para a JMJ 2013, que vai acontecer no Rio de Janeiro. Confira como foi este momento histórico contado por quem esteve lá: os autores deste blog!


A concentração para o evento foi na praça da Catedral de Santo Antônio, um fato muito especial, já que foi nesta Igreja que Frei Galvão foi batizado e rezou sua primeira missa. Os jovens começaram a se reunir por volta das 19:00h do dia 14 de Novembro, debaixo de muita chuva. Dom Raymundo Cardeal Damasceno Assis estava presente para dar a benção para a saída da procissão em direção ao Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida.

Aguardando a chegada da Cruz:
Dom Raymundo e Dona Thereza Maia,

familiar de Frei Galvão
e mantenedora do Museu e da Casa de Frei Galvão





Estava presente também o "Devotão", um caminhão usado para animar os eventos organizados pelo Santuário. É o trio elétrico católico!!

O "Devotão" descendo da Catedral para a Praça da Estação

Os jovens se dirigiram então para a Praça da Estação, que fica na mesma rua da Catedral, a Rua Dr Martiniano. Debaixo de forte chuva, mas com muita animação e devoção, os jovens receberam a Cruz e o Ícone por volta das 20:00h. A Cruz seria levada a pé por um grupo de jovens devidamente uniformizados, pertencentes às Paróquias da região, mas devido à chuva ela foi levada num caminhão. A princípio pensou-se que não seria possível ver a Cruz, mas como sempre o Santuário Nacional e sua perfeita organização proporcionou aos jovens viver de perto esta experiência, deixando a porta do caminhão aberta. Todos puderam ver e até  mesmo tocar neste símbolo que saiu das mãos de João Paulo II para percorrer o mundo nas mãos dos jovens e através deles evangelizar.

A Cruz da Jornada Mundial da Juventude dentro do caminhão, na saída de Guaratinguetá.
O Ícone estava guardado na caixa preta, ao lado da Cruz.



Todos saíram então da Praça da Estação com destino ao Santuário, caminhando por 3km sob forte chuva, mas com muita fé e animação!

Fé essa que marca a passagem dos ícones da Jornada Mundial da Juventude, durante sua peregrinação a cruz tem sido sinal de mudança nos países que ela visitou, e é essa esperança de mudança que a cruz dos jovens vem trazer a juventude do Brasil.

Na chegada ao Santuário muita alegria e emoção: já com menos chuva o Ícone e a Cruz são descidos do caminhão e levados para dentro da capela do Santíssimo do Santuário Nacional.




Chegada da Cruz e do
Ícone de Nossa
Senhora no Santuário de Nossa
Senhora Aparecida




Ícone de Nossa Senhora "Salus Populi Romani"
Com música e louvor, os jovens permanecem a noite junto aos símbolos da Jornada, mas principalmente, junto à Cristo.
Lembrando que logo após a chegada o Santuário disponibilizou uma sala especial para aqueles que caminharam na chuva, com toalhas, camisetas e lanche. Mais uma vez palmas para os Redentoristas, exemplo de organização!


"Até mesmo uma pequena chama pode dissipar o obscuro véu da noite. Quanto maior será a luz que vós fareis se, todos juntos, vos unirdes como um só na comunhão da Igreja!" - Trecho da homilia do Santo Padre João Paulo II na XVII JMJ



"Queridos jovens, ao término deste ano santo  vos confio o símbolo deste ano jubilar:  a Cruz de Cristo!  Levem-na pelo mundo como sinal do amor do Senhor Jesus a humanidade e anunciem a todos que somente em Cristo morto e ressuscitado há salvação e redenção" - Inscrição na Cruz da Jornada em italiano, inglês, francês, alemão, espanhol e polonês.

Logo pela manhã do dia 15 de Novembro, mais precisamente às 09:00h, ocorreu a Missa Principal do evento, celebrada por Dom Raymundo. Após a missa, houve palestra do Padre Fábio de Melo.


Com o final da palestra, houve a benção de Dom Raymundo para o envio da Cruz e do Ícone para a cidade de Sete Lagoas, em Minas Gerais.


"Sede vós mesmos testemunhas fervorosas da presença de Cristo nos nossos altares. Que a Eucaristia plasme a vossa vida, a vida das família que haveis de formar. Que ela oriente todas as vossas opções de vida. Que a Eucaristia, presença viva e real do amor trinitário de Deus, vos inspire ideais de solidariedade e vos faça viver em comunhão com os vossos irmãos dispersos pelos quatro cantos da terra."  
                                  Trecho da homilia do Santo Padre João Paulo II na XVII JMJ


Show de encerramento com o Pe. Fábio de Melo

Os símbolos foram levados para uma nova peregrinação, para levar mais bençãos a outros lugares, mas a mensagem que eles trouxeram estará sempre no coração daqueles que tiveram a oportunidade de participar deste momento histórico!!


Para mais informações acesse: 
                                                  
(Todas as fotos tiradas por: Paulo Cesar & Aline Vieira)

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Santuário de Frei Galvão

No dia 12 de outubro de 1983, no bairro Jardim do Vale, em Guaratinguetá, foi celebrada a primeira missa no local onde seria construída a igreja dedicada a Frei Galvão. Com essa primeira celebração foi inaugurada a Capela São José e a comunidade continuou trabalhando para a construção da capela, o celebrante foi o Padre Victor Minuti  então Pároco da Paróquia de São Pedro Apóstolo.
Capela de São José em 1985
Celebração da Festa de São José em 1985
O terreno, no entanto, não pertencia a igreja e durante muito tempo tentou-se comprá-lo, sem sucesso, mas a Família Galvão, dona do terreno, se dispôs a doá-lo à Arquidiocese de Aparecida com a finalidade de construir-se no local uma igreja dedicada a São José. O contrato foi assinado no dia 1º de setembro de 1987, mas com um detalhe que mudaria o rumo dessa pequena comunidade: um termo do contrato dizia "se Frei Galvão for um dia reconhecido pela Igreja católica esta igreja passará então a ser dedicada a Frei Galvão".
No início dos anos 90 com a ida do Padre Nelson Ferreira Lopes para a Paróquia Nossa Senhora de Fátima iniciou-se a construção da igreja dedicada a São José. 

Inicio da construção da Igreja de Frei Galvão, 1996


Em 1996 chegava a paróquia o Padre Anísio Teixeira, que daria continuidade ao trabalho. Mas, com a beatificação de Frei Galvão em 1998, a obra foi paralisada para adequação do projeto dando a igreja as formas atuais.
Com a canonização de Frei Galvão houve a necessidade de criar um espaço maior para melhor a colher os devotos, então o Cardeal Arcebispo de Aparecida, Dom Raymundo Damasceno Assis, constituiu canonicamente em dezembro de 2010 o Santuário de Santo Antônio de Sant’Anna Galvão. O decreto foi assinado no dia 8, data da solenidade da Imaculada Conceição. Segundo Dom Damasceno, a criação do santuário foi o primeiro passo para separar a igreja de Frei Galvão da Paróquia Nossa Senhora de Fátima. “E como santuário podemos dar uma estrutura melhor para os devotos que visitam a igreja. E também será mais fácil fazer um planejamento mais global para o santuário”.


Placas mostrando a dedicação da Igreja como Santuário de Frei Galvão
Com a criação do santuário, foi nomeado um reitor para cuidar dos trabalhos, que será o Padre Roberto Lourenço da Silva, que acumulará a função de pároco da Paróquia Nossa Senhora de Fátima.
Interior do Santuário de Frei Galvão
Seu Didi com sua esposa e filha, Dona Joana (roupa vermelha);
Participantes da primeira missa na capela de São José. A foto foi tirada na missa 
de 25 anos da criação da comunidade de São José.


Hoje o Santuário passa por um grande trabalho de ampliação, já tendo concluído os sanitários e o refeitório, o próximo passo é a construção de uma praça de alimentação,  pavimentação do pátio e do estacionamento  e a ampliação do Santuário.
Para conhecer melhor esse trabalho e também ajudar acesse:  


www.santuariofreigalvao.com 



segunda-feira, 5 de setembro de 2011

O bom filho da Pedreira, Bonfiglio de Oliveira

AO SOM DA ORQUESTRA EU VOU .
VEJO A CIDADE CANTAR: "GLÓRIA", AO LUAR !
O “ANJO NEGRO” VOOU ,
O MUNDO FOI CONQUISTAR ... “LA LA IÁ LAIÁ LAIÁ” ...
(REFRÃO)

AMOR, A EMBAIXADA CHEGOU !
MEU CORAÇÃO PULSOU, PULSOU .
SER BAMBA É TER FÉ NA VIDA ,
NO DESPERTAR DE UM NOVO DIA .
O MORRO "PLANTA" A SUA RAIZ :
JUSTIÇA, PAZ, PROSPERIDADE .
SEM PRECONCEITO, VOU SER FELIZ ,
ME EDUCAR NA FORÇA DA COMUNIDADE .
LÁ DO "ALTO", DA PEDREIRA ,
BOM FILHO EU SOU !
A MÃE NEGRA, LAVADEIRA ,
ME ABENÇOOU !
(BIS)
"DOUTORES", LETRADOS, POETAS .
GUERREIROS ALERTAS ,
"GILBERTOS", ARTISTAS ... SAMBISTAS .
EXALTAM NOSSO GÊNIO MUSICAL ,
BONFIGLIO DE OLIVEIRA IMORTAL .
AUTOR, COMPOSITOR, MAESTRO, PISTONISTA ,
COM CARMEN MIRANDA FEZ SARAU .
AUTOR, COMPOSITOR, COM O AMIGO PIXINGUINHA ,
ENCANTOU , FOI SUCESSO NACIONAL .
"CHOROU" CHORINHOS, "VALSEOU" SEU IDEAL .
 (Compositores: Márcio Arrezzi, Marcelo Betti
e Cláudio Braga.
) Samba enredo carnaval 2002 Embaixada do Morro


Nasceu em Guaratinguetá em 27 de Setembro de 1894, aprendeu os primeiros acordes com o Pai contrabaixista da "banda Mafra" (banda beneficente da cidade) tocou Bumbo durante dois anos e graças ao maestro Acosta aprendeu a tocar Trompete. Mais tarde foi convidado pelo diretor do colégio São José (colégio para meninos da cidade) para reorganizar a banda da escola onde compos sua primeira obra, o dobrado "padre Frederico Gióia" dedicada ao diretor do colégio.
Foi ouvido pelo Maestro e violinista Lafaiete Silva e convidado a ir para o Rio de Janeiro para ser trompetista da orquestra que dirigia no Cinema Ouvidor. Após concluir de trompete, começou a atuar como trompetista e contrabaixista em diversos teatros e cinemas cariocas, inclusive na Orquestra Sinfônica do Teatro Municipal, sob a regência de Francisco Braga.
Em 1917, ao lado de Pixinguinha, participou do Grupo Caxangá. Em 1918, em Guaratinguetá (SP), compôs a valsa Glória, em homenagem a uma jovem por quem se apaixonara. Mais tarde, a música recebeu versos da poetisa Branca M. Coelho e foi gravada por Gastão Formenti na Columbia, em 1931.
Em 1919, participou como compositor e diretor de harmonia do desfile do rancho Ameno Resedá, tornando-se conhecido então como compositor de marchas-rancho. Integrante da Companhia Arruda, atuou em teatros de revistas, excursionando pelo Brasil com diversas orquestras e conjuntos. Viajou ainda pela Itália, França e Espanha e, com a Companhia Jardel Jércolis, apresentou-se em cidades portuguesas.
Na década de 30, como solista e integrante de orquestra de estúdio, atuou no Programa Casé, da Rádio Philips. A 17 de outubro de 1931, gravou na Victor, em solo de trompete o choro “Flamengo”, dedicado ao bairro carioca em que residiu. Também como trompetista, em 1932, passou a atuar com o Grupo da Velha Guarda, continuando no conjunto quando se transformou nos Diabos do Céu.

No carnaval de 1934, obteve grande sucesso com a marchinha Carolina, composta em parceria com Hervé Cordovil. Foi considerado um dos maiores instrumentistas de sopro do seu tempo, ao lado de Pixinguinha e Luís Americano.
Faleceu no Rio de Janeiro em 16 de maio de 1940.



quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Agenda...

Prepare sua agenda, o Brasil é o centro do mundo...achou exagero? então olha o que nos espera.

16 - 24 de Julho o Rio de Janeiro  foi palco dos 5° Jogos mundiais Militares.

Agosto de 2013 - A juventude católica vai se reunir no Rio de Janeiro para a Jornada Mundial da Juventude com o Papa Bento XVI, o evento espera bater o recorde de participantes que é de 4 milhões de pessoas

12 de Junho a 13 de Julho 2014 - 12 cidades do Brasil vão receber a Copa do Mundo FIFA, o evento espera deixa um grande legado para as cidades sedes do evento.

Segundo semestre de 2016 - O Rio de Janeiro recebe os Jogos Olímpicos de verão, os melhores atletas do Mundo se reúnem para um dos maiores eventos desportivos, o evento também espera deixar um grande legado para a cidade sede.

Como nosso Blog é voltado para o Turismo não vamos colocar nossa opinião sobre os pontos positivos e negativos desses eventos, mas cabe a todos os Brasileiros essa fiscalização, fora isso prepare as malas e principalmente o bolso, mas sinceramente vai valer a pena.


O Rei do Violão

Nasceu em Guaratinguetá no dia  22 de Setembro de 1916, foi um violonista e grande compositor . Foi também professor de música do então presidente Juscelino Kubitscheke de sua filha.
Morreu na cidade do Rio de Janeiro no dia 2 de Janeiro de 1977.






Foi um dos instrumentistas mais célebres de sua época, começou a carreira nos anos 30, quando mudou-se de Guaratinguetá para o Rio de Janeiro e passou a dar aulas de violão nas tradicionais lojas de música da cidade. Foi levado por um conhecido para a Rádio Clube do Brasil e depois transferiu-se para a Rádio Nacional.



















Hoje Guaratinguetá preserva sua memória com o festival Dilermando Reis, onde diversos músicos de todo o Brasil relembram a obra desse grande musico.
O festival acontece no espaço Viv'arte e a entrada é livre, mas a data ainda não se tornou fixa no calendário da cidade, mas é lógico que traremos pra todos nossos seguidores.














quinta-feira, 7 de julho de 2011

Associação dos Guias do Circuito Turistico Religioso (AGCTUR)


A Associação dos Guias do Circuito Turístico Religioso foi fundada no ano de 2009 com a finalidade de reunir, capacitar e facilitar a contratação de Guias de Turismo devidamente credenciados, pelo Ministério do Turismo (Mtur), para atuarem na região que se estende de Aparecida até Cachoeira Paulista, tendo como sede o portal de entrada de Aparecida na saída da Dutra. 

A AGCTUR com apenas dois anos desde a sua fundação já conseguiu parceiros importantes como SEBRAE, Museu Frei Galvão, Fórum de Desenvolvimento Permanente do Turismo, Agências Viagens, atrativos, escolas, etc... . Agora com a nova gestão, a AGCTUR tem tudo para continuar esse crescimento rápido e continuo trazendo para os seus associados cada vez mais oportunidades em cursos, feiras, trabalhos, projetos e assim por diante.  

Vale ressaltar que a AGCTUR é pioneira na região do circuito religioso, e a profissão Guia de Turismo ainda é, sem duvidas, desconhecida para muitos empresários, prefeitos, turistas e moradores da região, ou seja, um grande desafio é conscientizar que o turismo para ser perene e sustentável precisa desse profissional. 

Posse da nova diretoria da AGCTUR

Na quinta feira passada, 30 de Junho, aconteceu no Museu Frei Galvão a cerimônia de posse da nova diretoria da AGCTUR esse evento contou com a presença de vários convidados, entre eles:

Maria Angélica- Museu e Conjunto Devocional Frei Galvão.
- Célio Batista leite- Secretário de Turismo de Aparecida.
- Zenilda Cunha- Gerente do Museu e representante do Santuário Nacional de Aparecida.
- Claudia Mantovani- Empresa Rio Santo Turismo.
- Deise Marcondes- Agência Catedral Turismo.
- Tiago Silva- TMC Turismo.
- Domingos Del Monaco Braga- Gruta da Gratidão.
- Édson Amaral- Sindicato dos Empregados em hotéis, restaurantes e similares.
- Renata Guimarães- Gestora do projeto Circuito Turístico Religioso, SEBRAE Guaratinguetá.
- Gustavo Abelha Vidal- Tribo da Trilha. 

 Agora resta a nós profissionais do turismo desejar uma boa gestão a nova diretoria e uma união maior de todos, até porque, a entidade promove o Guia de Turismo e o Circuito Turístico Religioso (Aparecida, Guaratinguetá, Lorena, Canas e Cachoeira Paulista) assim sendo a AGCTUR está acima de qualquer coisa, seja elas, partidárias ou pessoais.


Para mais informações acesse: http://www.agctur.com.br